sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Forrótimo em Québec-Canada



Tocando com o grupo Forrótimo na cidade de Québec - Canadá.
Playing with Forrótimo in Québec city - Canada.
Je suis en train de jouer la percussion brésilienne avec le groupe Forrótimo à Québec - Canada.

Gravando...Recording...Je suis en train d'enregistrer avec Julia Pessoa.



Gravando com a cantora Pernambucana, Julia Pessoa em Montreal - Canadá.
Recording a new song with the singer Julia Pessoa in Montreal - Canada.
Je suis en train d'enregistrer une belle chanson avec la chanteuse brésilienne Julia Pessoa.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Violão com acordes maranhenses, flauta suave de Québec e percussão com sotaque pernambucano!




Foi assim e ainda é, essa mistura danada de ritmos e sotaques que, creio eu, tenha dado certo. Conheci os músicos Isaac Neto (Maranhão) e Miryam Caron (Quebec), não por acaso, aqui em Montreal. Recebi o gentil convite deste gigante músico brasileiro pra fazer parte deste show realizado em agosto de 2010 no Balattou em Montreal. Senti-me honrada com o convite e de lá pra cá, estreitamos mais a nossa convivência não só de palco, mas também de amizade.

It was and it has been a mix of accent and rhythm that I believe it worked. I met the musicians Isaac Neto from Maranhão - Brazil and Miryam Caron from Quebec - Canada, not by chance in Montreal. I received a nice invitation from this wonderful Brazilian musician, to take part of this show which happened in August 2010 at Ballatou in Montreal. I was honored and since then we've become great friends.
video

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Oficina de Maracatu de Baque Virado em Montreal! Workshop of Maracatu in Montreal!

Durante os meses de junho, julho e agosto de 2010, ministrei uma oficina de maracatu para o grupo Terrato na cidade de Montreal. O trabalho teve como objetivo ensinar a história e o baque genuinamente pernambucano, oriundo das nações africanas, mais precisamente da nação Nagô, trazido pelos negros escravos durante o período colonial no Brasil.
As 30 horas de oficina, resultaram na apresentação no Teatro Plaza, no dia 28 de agosto.

During June, July and August - 2010, I gave the group Terrato a workshop of Maracatu de Baque Virado in Montreal-Canada. The work had the objective to teach the history and the genuine beat from the North-eastern of Brazil, Pernambuco, which is a rhythm coming from the African Nations, precisely from Nação Nagô, brought by the African slaves during the colonial period in Brazil.
After the 30 hours of workshop, they had their first performance at Plaza Theater, on August 28.
video

Show at Pharaon Lounge in Montreal on October 2, 2010.



"Dear friends and Relations,
I'll be singing with great new musicians, Drica Souza from the North of Brazil, Samito, man of the world and of course Rodrigo Salazar, tried and true.
A cozy place, this Pharaon Lounge...not quiet a sarcophagi next door and great food at the petit Moulinsarg...of the Belgian persuasion.

Hope to see you there.
Bises,
Louise Dissertine
October 2, 2010.

Muito agradável tocar com Louise, Samito e Rodrigo. Melhor ainda é me dar o luxo de fazer o que gosto com pessoas que admiro.
Com o meu estilo e "pegada"da música nordestina brasileira, acho que tenho agradado alguns músicos e apreciadores desta linda arte, aqui em Montreal-Canada.

It is really nice to play with Louise, Samito and Rodrigo. Much better is to do what I love with people I admire. With my style to play the music from the North-eastern of Brazil, I guess I have pleased some musicians and those who like this beautiful art, here in Montreal/Canada.

C'est très agréable jouer avec Louise, Samito et Rodrigo. C'est bon faire le chose que nous aimons avec les personnes que nous admirons.
Avec mon style de jouer la music du Nord-east du Brésil, je pense que beaucoup de personnes que aiment cet art, ils ont très contente et satisfait pour mon travaille ici, à Montréal - Canada.
Drica Souza.





























































segunda-feira, 27 de setembro de 2010




Duas horas antes do show em Montral.
Deux heures avant le show à Montréal.
Two hours before the show in Montreal.


sábado, 25 de setembro de 2010

Marche Mondiale des Femmes
(Égalité - Liberté - Solidarité)
Dirigirei um pequeno grupo de mulheres, tocando Maracatu de Baque Virado, na Marcha Mundial das Mulheres. Será em Montreal no dia 12 de outubro 2010.

Je vais diriger un groupe de femmes, que vont jouer le Maracatu de Baque Virado, dans la Marche Mondial des Femmes à Montréal au 12 octobre 2010.

I am going to conduct a group of women in Montreal on October 12, 2010. They are going to perform Maracatu de Baque Virado to celebrate the Marche Mondiale des Femmes.





sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Penso que...Je pense que...I think that...





Penso que viver a Arte, é não se envaidecer com ela, é não se colocar acima dela.
Quando trabalhamos com a cultura popular, com aquilo que vem lindamente do povo, ensinado pelo povo, temos uma grande e séria responsabilidade de cuidar e repassar esse bem que nos foi ensinado. Sinto-me hj assim, responsável em preservar, repeitar, valorizar, ensinar a arte e o folclore do meu país, do meu Pernambuco.
Conhecer as suas raízes é adentrar-se nos sertões do Brasil.
Drica Souza.

I think that to live the Art is not to get vain with it, is not to put yourself above it.
When we work with the Culture Populaire, the thing that comes from the people, taught by the people, we have a huge and serious responsability to look after it and teach the others what we've just learned .
I feel like this today, responsible for preserving, respecting, praising and teaching the Art and the Folclore of my country, of my Pernambuco. Knowing my culture is to get into the Sertões do Brasil.
Drica Souza



segunda-feira, 23 de agosto de 2010

..Só resisti...


"Só resisti porque nasci num pé de serra e quem da minha terra resistencia é profissão. E nordestino é madeira de dar em doido, que a vida enverga e não consegue quebrar não." (Acyole Neto)

domingo, 22 de agosto de 2010

Forró



Tocar forró é bom demais, principalmente quando não se toca apenas forró, mas baiões, xaxados, xotes...Oh saudade de seu Lua...saudade danada. Ainda bem que tem muita gente levando isso adiante. E eu, bom eu vou fazendo a minha parte aqui em terras estrangeiras...aqui no Canadá.

Hoje toquei com Forrótimo...hehehe esse nome é óóóótimo... Fizemos um ótimo show e deu pra matar somente um pouquinho, a saudade que estou do meu lindo Pernambuco.

Playing Forró is really good, mainly when it's not only forró but, baião, xote and xaxado...Miss you, Luiz Gonzaga...mmiss you soooo much. Thank God there are other artists who keep playing this great Northestern - Brazilian rhythm. How about me? well, I'm doing my part playing here, in foreign "lands"..ici au Canada.

Today I played with Forrotimo...hehehe this is a great name. We did a great show!

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Como diz Flávia Wenceslau em uma de suas lindas canções:

"Não quero sapato e meia, quero saia de retalho dessa que rodeia, uma fita no cabelo jamais fica feia, uma rede na varanda pra ver a vida e pensar."
"Não quero relógio caro, é o tipo de emoção que não me vale a pena. Eu prefiro a tua companhia pro cinema, um sorvete no meio da tarde me faz mais feliz."

Vale a pena conferir esse novo CD.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Olá, Ça va, Hi.

I have to confess you guys, I am really happy with my work here, in Montreal. Since I arrived, I've been teaching Maracatu to a group of percussion named TERRATO. They are nice people, though our cultural differences. I like challenges, and TERRATO was and is still my challenge, actually, living abroad is already a challenge as well as learning a new language.

But they are almost "there". We have a show on the next 28th and what comes to my mind is my Nacao do Maracatu Porto Rico, my city, family, friends and of course, the culture I belong to. I can see, after many days of practicing, that they are prepared for their first performance and me...well I just wanna be there to see their show.
Thank God!



Tenho que confessar para vocês que estou muito feliz com o meu trabalho aqui, em Montreal. Desde que cheguei estou ensinando Maracatu para um grupo local chamado TERRATO. Eles sao legais embora as nossas diferenças culturais.

Gosto de desafios e o Terrato foi e ainda é um desafio para mim, na verdade morar fora do país já é um desafio tanto quanto aprender um novo idioma. Eles estão quase lá. Temos um show no dia 28 e o que vem primeiro em minha mente é a Nação do Maracatu Porto Rico, minha cidade, minha família, meus amigos e claro a minha cultura. Vejo que depois de muitos dias de aulas, oficinas, eles estão preparados para a primeira apresentação e eu...bom, eu apenas estarei lá para ver eles dando um show.
Obrigada meu Deus!

Oriki

Esse baque é meu.
Esse baque é seu.
É de todos nós.

O Baque mandou me chamar
e eu faço o que o baque mandar.

Meu Porto seguro,
Rico de história,
Riquezas do baque extraído do mar.

Eita povo grande que trouxe esse toque pra cá.
Tanto sofrimento que veio embalado nas ondas do mar.

É dama do paço,
Calunga no alto,
É rei, é rainha para desfilar.

Eita povo grande que trouxe esse toque pra cá.
Tanto sofrimento que veio embalado nas ondas do mar.

É Gêge de Daomé,
É Nagô do meu Yorubá. 
Pernambuco e Maranhão
Hoje cantam e dançam do povo de lá.

by Drica Souza

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

This is a good way to be in contact with the world.
From now on you will know a bit about my activities in and out of Pernambuco.

Aqui esta uma otima forma de ficar clicado com o mundo.
De hoje em diante voces saberao um pouco das minhas atividades dentro e fora de Pernambuco.